Das tramas da cultura nasce esse Balaio. Um enredo construído de ideais. Teia tecida por mãos hábeis, que se entrelaçam em paixões. Sonhos que tomam forma de ofício, em porções, tamanhos e cores que se acomodam como os feixes de palha de um cesto.

Mais que uma equipe de produção, nesta casa há que se falar em empatia. Em dez anos de trançados, a Balaio Produções Culturais criou jeito de moça arretada, que amarra a saia e atravessa a correnteza, depositando na outra margem do rio o necessário para erguer uma catedral. Força que vem da cooperação, do entrelace de saberes, de profissionais que se colocam em pró-ação.

Cinema, Audiovisual, Música, Teatro, Dança, Artes Plásticas, Cultura Popular, todos são fluxos de trabalho que conhecemos e através dos quais nos fortalecemos enquanto indivíduos, profissionais, empresa e ambiência de elaboração de projetos que extrapolam os limites do moderado. Nossa meta é fazer mais e fazer melhor.

Do grito popular que nos lança em ancestrais hipóteses, até a imponderável imagem em movimento de dois irmãos Lumière, passando pela música que nos vibra, pela arte que nos pinta, pelos passos que nos dançam ou pela máscara encenada que nos faz celebrar Dionísio, nossa missão é construir os caminhos que tornam tudo isso possível.

 
 

Conheça Nossa Equipe

Depoimento-dada.png

        Luana Otto

Fundação e Direção Geral

Assumindo a maternidade de seus filhos genéticos e de sua equipe de trabalho, esta meticulosa e detalhista virginiana atua há 17 anos no macrocosmo da produção cultural. Passou pelas diversas linguagens artísticas, imprimindo profissionalismo e sensibilidade na coordenação e direção de incontáveis tipos de backstage: produções audiovisuais (longas e curtas, ficções e documentários, para o cinema e para a TV); shows e gravações musicais (grupos e eventos); mostras e festivais cênicos (locais, regionais e nacionais); eventos de artes integradas (incluindo os internacionais); cultura popular (Capoeira e Culturas Tradicionais). Tudo isso integra seu portfólio. Em seu trabalho, dioturno, traça, antes de tudo, um caminho de afinidade e empatia com parceiros e clientes, cuidando sempre para que a diversidade cultural e étnica esteja contida em seus projetos. O cuidado e atenção com o bem-estar de todos os envolvidos e com a qualidade do produto final são marcas desta empreendedora. Foi assim que em 2010, Luana teceu e fundou esse enorme Balaio de culturas.

 

FUNDAçÃO E Direção Técnica

Bruno é um aguerrido defensor das minorias e das culturas tradicionais. Cursou história na UFG, mas já veio ao mundo tentando entender o contraditório. Suas especializações em História Regional de Goiás e do Brasil e em Gestão em Produção Cultural fortaleceram suas aspirações. No teatro, transformou amizade em profissão e tornou-se produtor e técnico da Cia de Teatro Nu Escuro. Em outras linguagens, transformou amor em produção, casando-se com Luana Otto e fundando, com ela, a Balaio Produções Culturais, no ano de 2010. Suas experiências passam pela produção e direção de palcos de eventos como o Empório da Música (2008) e o Encontro de Culturas Tradicionais da Chapada dos Veadeiros (2008/2011), Encontro de Gaitistas de Goiânia (2011). Coordenou eventos como o Festival de Arte e Cultura de Senador Canedo (2006/2007) e o Miscelânea Rock Festival, em Goiânia. No meio audiovisual, Bruno se encarrega da função de Platô, em quase todos os projetos da Balaio. Capoeirista por paixão, Bruno também integra a Associação de Capoeira Angola do Estado de Goiás e o Ponto de Cultura Buracão da Arte.

   Bruno Garajau

 

       Joelma Paes

Direção Executiva

Mãe de Lírio, seu mais exigente criativo, Joelma é Formada em Design Gráfico pela Universidade Federal de Goiás, com MBA em Cinema pela Faculdade Cambury. Braço forte e mente medidora e mediadora da Balaio, entrou pro esse cesto em 2015, quando já contava 11 anos de serviços bem prestados pro mercado audiovisual. Direção de Produção, Assistente de Produção, Platô e Assistente de Direção foram papeis desempenhados nestas primaveras que a conduzem para o posto de Produção Executiva. Suas metas de trabalho passam pela democratização da produção e acesso de todos os tipos de público aos bens culturais da nossa sociedade. Atua fortemente na construção de políticas públicas que tornem sólida e consistente a produção audiovisual em Goiás.