Cinema: Oficinas e cursos garantem capacitação e profissionalização do mercado cinematográfico em Goiás

No período de 24 a 28 de abril de 2017 acontece na Cidade de Goiás a primeira edição do OFcine – Oficina de Formação de Assistentes para Cinema, um projeto que tem como objetivo a formação prática de profissionais para o mundo do trabalho do audiovisual brasileiro. As inscrições para o OFcine estão abertas até 30 de março e podem ser feitas online, pelo formulário eletrônico disponível no endereço http://migre.me/weMGV.

O trabalho de formação será dividido em quatro módulos, sendo que para cada um deles são disponibilizadas 10 vagas. Os participantes precisam escolher entre: 1. Assistência em Produção e Produção Executiva; 2. Assistência em Câmera e Loggagem; 3. Assistência em Maquinária e Elétrica; Assistência em arte, figurino e caracterização.

Segundo Luana Otto, produtora e uma das idealizadoras do projeto, os módulos se interligarão quando os alunos forem para o Set de filmagem. Luana, que também é uma das oficineiras, explica a metodologia: “Haverá uma aula inaugural com todos os 40 alunos selecionados, onde será apresentado o roteiro de uma filmagem. Em seguida cada ministrante de oficina irá trabalhar especificamente com sua área, na intenção de produzir de fato os itens que competem àquela parte de uma produção. Então, durante dois dias, todos os participantes se encontrarão novamente, para a gravação do roteiro proposto.” E complementa: “Nossa intenção é que todos possam manusear e operar conforme demandas reais de um set, construindo com isso um saber prático ligado à área, oferecendo um espaço real de produção cinematográfica.”

A realização do OFcine é da Balaio Produções Culturais e o projeto conta com recursos do Fundo de Arte e Cultura de Goiás, Secretaria de Educação, Cultura e Esporte de Goiás e Estado de Goiás. Também são parceiros: Instituto Federal de Goiás - Câmpus Cidade de Goiás, por meio do Núcleo de Produção Digital; Prefeitura Municipal de Goiás; Acervo Brevintage;  Astronauta Pirata;  Dafuq Filmes;  Stone Entertainment e Revis Rental.

 

Ministrantes

Os oficineiros convidados para o trabalho de formação têm todos vasto currículo no mercado audiovisual, cada uma com conhecimentos específicos de sua área de atuação:

1.   Joelma Paes e Luana Otto (Assistência em Produção e Produção Executiva) são parceiras na Balaio Produções Culturais. Joelma é formada em Artes Visuais, com MBA em Cinema pela Cambury. Desde 2004 está no mundo do audiovisual, exercendo funções como as de Diretora de Produção, Assistente de Produção, Platô e Assistente de Direção. Em 2007, junto com Erasmo Alcântara, fundou a Fractal Filmes e tem atuado como Produtora Executiva em projetos de curtas, mostras/festivais e programas de formação na área audiovisual. Luana é proprietária e diretora geral da Balaio Produções Culturais, fundada em 2010. Como profissional se dedica a projetos culturais desde 2005. Com experiência em trabalhos de música, teatro, cultura popular e produções audiovisuais, busca a partir da interface entre linguagens um padrão de qualidade de execução e gestão capaz de fidelizar clientes e firmar parcerias em prol de projetos que fazem da diversidade cultural e étnica seu principal eixo de atuação. Na função de diretora de produção para obras audiovisuais produziu nos últimos anos uma soma expressiva de projetos, como quatro longas-metragens, duas séries para TV, uma novela para TV Globo, três festivais/mostras de cinema nacionais e internacionais e dezenove curtas-metragens. Nas artes cênicas atua como produtora de dois importantes grupos goianos: Cia de Teatro Nu Escuro e Cia Cênica Nossa Senhora dos Conflitos.. Na música e na cultura popular atua com grupos e eventos relevantes no cenário goiano como Passarihos do Cerrado e Encontro de Culturas Tradicionais da Chapada dos Veadeiros.

2.    Kaco Olímpio (Assistência em Câmera e Loggagem) é graduado e pós-graduando em Cinema e Audiovisual pela UEG. Atua desde 2010 como assistente de câmera, tendo feito seis longas-metragens e mais de 30 curtas, além de videoclipes e filmes publicitários;

3.   Chico Macedo e Elinaldo Revis (Assistência, respectivamente, em Maquinária e Elétrica) trabalham com audiovisual há mais de dez anos, passando por diversos filmes publicitários e produções documentais para TV e cinema, como Mochilão MTV, Discovery H&H e Icatu Xingu; além de clipes musicais de personalidades como Gustavo Lima e Lucas Lucco. No cinema goiano, participaram de incontáveis produções de curtas-metragens realizadas nos últimos anos. Chico, especificamente, conta também com longas-metragens no seu currículo como Dias Vazios, Cartas de Kuluene e Mudernage;

4.   Carol Breviglieri (Assistência em Arte, Figurino e Caracterização) é Designer de Moda pela Universidade Federal de Goiás, Pós-graduada em Cinema pela Faculdade Cambury e em Figurino e Carnaval pela Universidade Veiga de Almeida no RJ. Estudou na Escola Livre de Cinema em BH e na Cinema Makeup School em Los Angeles, onde fez o Curso de Maquiagem de Caracterização e Efeitos Especiais. Idealizadora e proprietária do Acervo Brevintage, que abriga figurinos e acessórios de época ou réplicas e atuais para uso em figurinos de cinema e TV.

Além dos oficineiros, integram a equipe do OFcine os professores e cineastas Carlos Cipriano e Marcela Borela, que ficarão responsáveis pela direção e concepção de cenas para as filmagens.